Quinta-Feira, 13 de dezembro de 2018 Nossa história      

Notícias

Audiência Publica

A prefeitura de Jacobina que tem como gestor, o prefeito Gederlânio Rodrigues de Oliveira, o GD, realizou na manhã desta quinta-feira, 31, na Câmara Municipal, a audiência pública de prestação de contas do 1º semestre de 2017, sendo a primeira de sua gestão.

Na ocasião, gestores das principais pastas da administração, ‘Seriedade e trabalho por uma nova Jacobina’, apresentaram as ações realizadas de janeiro á junho de 2017.

O prefeito de Jacobina, Gederlânio Rodrigues, abriu a audiência ressaltando sua  importância, destacando que seu governo fará uma administração transparente. “É importante que a população conheça a real situação do município e os esforços concentrados na busca de melhorar a qualidade de vida do nosso povo. Mostraremos aqui para a população onde e em que, os recursos estão sendo aplicados para que sejam cientes que nosso trabalho e da responsabilidade  com os recursos  públicos”, disse.

Em seguida o assessor contábil do município, Igor Santos, fez uma explanação em números  sobre o balanço geral do município, apresentando as receitas e as despesas do município no primeiro semestre. Segundo  Igor, as receitas  do primeiro semestre foram no total de  R$ 6.037, 379,  37, milhões  e as despesas 5.436, 185, 88 milhões.

O contador explicou que o prefeito GD cumpriu com os limites constitucionais, segundo ele, em Educação foram investidos mais de R$ 2 milhões, que corresponde a 27,11%, quando o mínimo previsto é de 25%. Para o Fundo da Saúde, o mínimo previsto é de 15%, e foram destinados mais de R$ 1 milhão, correspondendo a 15,20%. Para o FUNDEB foram aplicados mais R$ 1,5 Milhão.  O prefeito também cumpriu com os gastos com pessoal e encargos sociais, com 49,77%, cujo limite é de 54%. À Câmara Municipal foram repassados R$ 334.822,00 milhões.

A assessora de Saúde, Kátia Porto, explanou sobre as ações realizadas na Secretaria de Saúde que como Secretaria, Tailane. Ela citou sobre a estrutura da saúde, dentre programas, profissionais e toda assistência que pasta oferece. Como a realização de  reuniões de planejamento e oficinas  com as equipes de saúde, atendimentos domiciliares. Além de desenvolver ações de orientações no dia da mulher e no aniversário da cidade.

Segundo Katia, foram realizados, 1.307 administração de injeção IM  e 395 injeção  EV,  165 curativos,  41 retiradas de pontos, 48 nebulização, 23 suturas.   Além de atendimentos odontológicos com 564 consultas, 399 restaurações, 199 exodontia, 30 montagem de próteses, e 460 aplicação de flúor e atendimentos de alta e média complexidade nas cidades de Paulistana, Picos e Teresina.

Dentre outras ações destacadas estão a realização do mutirão contra a dengue, com diversas atividades tanto na sede, como zona rural, caminhada de combate a exploração infantil, oficinas sobre limites, atendimento na unidade móvel, ações do  programa saúde da escola, onde foram atendidos um total 780 alunos,   a audiência pública da  Secretaria de Saúde, com entrega de tabletes, e uniformes para os agentes de saúde, a contratualização do Pmaq,  a aquisição de dois Raio X odontológicos.

Na ocasião, a assessora de saúde, apresentou a nova médica cubana do município, Dr. Maitechu.

O Secretário de Educação, Geeldo Sousa, explanou sobre as principais  ações  desenvolvidas na pasta. Dentre elas, recuperação e estruturação de programas, reorganização das rotas de transportes escolar, reativação do conselho escolar, reformas em escolas, atualização do PAR, prestação de contas do PNAE referente a 2016, municipalização do transporte escolar, adesão ao novo ciclo do PNAIC, e aquisição de conjunto de mesa e cadeiras em todas as escolas.

Segundo Geeldo, o município possui 20 escolas, sendo 5 na zona urbana e  15 na zona rural, atendendo todas as modalidades  da educação básica municipal, com total de 1.274 alunos  e 131 professores. Outra importante ação destacada é a Prova Jacobina, utilizada para avaliar o sistema de  ensino  das escolas públicas do município e identificar as principais  dificuldades  dos alunos  no processo de ensino aprendizagem.

O coordenador do CRAS, Valdeto Silva, apresentou  as ações da Secretaria de Assistência Social que tem como gestora, a Secretária Rejane Sousa. Segundo ele, o município realizou capacitações para os técnicos, com coordenador estadual  do CADÚNICO,  e realizou o I Seminário do Bolsa Família. Val, como é conhecido elencou ainda   que o munícipio  tem  4.433 famílias cadastradas no CadÚnico, destas, 1.191 são beneficiadas com recursos do programa Bolsa Família. O Serviço de Convivência de Fortalecimento de Vínculos atende a  220 crianças e adolescentes  e 50 idosos. Ao todo o CRAS realizou 2. 078 atendimentos.

Dentre outras ações destacadas está a realização da Conferência de Assistência Social, ações de lazer desenvolvidas com as crianças do SCFV, a realização da campanha do 18 de maio, execução de reforma no CRAS e na Secretaria de Assistência Social, aquisição de equipamentos para aprimorar o  atendimento  as famílias, com aquisição de  75 cadeiras, dois computadores, uma impressora grande e telefone, além de acolhimento das famílias, atendimento Psicossocial, visitas domiciliares  e adesão ao programa Criança Feliz.

O Secretário de Agricultura, Chico Abreu, apresentou as ações da pasta. O gestou apresentou a equipe que compõe a Secretaria e explanou sobre as atividades desenvolvidas, dentre elas, elaboração de plano de ação, recebimento e entrega de sementes para os agricultores reunião e intercâmbio  com  Associações, parceria com UFPI de Paulistana, coleta de material para análise  do solo, entrega de kits de irrigação para agricultores, demonstração das culturas implantadas nos kits de irrigação, projeto de inclusão comunitária de R$ 24.071, 98 mil e a aquisição de um computador .

Citou ainda a realização da III Ovinocaprishow que contou com cursos de gastronomia, palestras, fórum , exposição de animais, concursos de animais e a cavalgada, onde ao todo foram exposto 1.500 animais, sendo  comercializados 600 animais.

O Secretário de Ambiente, Gerson Miranda, destacou o trabalho que a Secretaria vem realizando, destacando a adesão ao programa Piauí Mais Verde, limpeza de terrenos, bingo reciclado, e ação adote uma caneca, onde os funcionários da gestão recebeu um copo, para usar no expediente de  trabalho. Em um levantamento feito pela secretaria, foi constatado que anualmente seriam gastos mais 7 mil copos descartáveis,  A ação além de preservar o meio, economiza nas despesas do município”, afirmou Gerson.

Dentre outras ações,  foram  explanados também a participação em treinamentos, a busca de apoio aos órgãos estaduais e outra importante conquista, Jacobina está na relação dos municípios executores de licenciamento ambiental municipal.

O responsável pelo setor de Transportes Gercildo, apresentou a situação precária em que os transportes foram entregues pela gestão anterior. Gercildo explicou que os transportes estavam sucateados, sem pneu e baterias, destacando a prefeitura vem realizando os reparos.

Ao término, o prefeito Gederlânio Rodrigues Oliveira fez um longo pronunciamento, relatando como recebeu o município e como se encontra atualmente, destacando que encontrou uma cidade abandonada, mas que muito já foi feito por sua gestão. “Nesse momento prestamos contas de tudo que tem sido feito, mas para isso, é preciso falar do início da gestão, um início muito difícil, onde até hoje estamos pagando por uma gestão sem informações e sem uma continuidade de trabalho. Tivemos que ir atrás e tentar prestar conta de uma gestão  que não era nossa, fazendo  o que não era da nossa responsabilidade, quando o correto estar tudo pronto  para prosseguir com o nosso o trabalho”, disse.

“Encontrei uma cidade abandonada, uma cidade onde lixo predominava, o mal exalava de longe e dai começamos um trabalho de limpeza com realização de um  mutirão com apoio das secretarias, foram três dias de mutirão para recolher todo o lixo, foi a primeira luta nossa, limpar a cidade,  e hoje temos uma Jacobina limpa, onde não temos  mais lixões na entrada da cidade. E não era pra ser assim, não  é porque o gestor perdeu que ele tem que abandonar a limpeza  pública”, relatou o prefeito.

GD ainda afirmou que encontrou o município  sem estrutura para desenvolver os trabalhos de sua gestão. “Quando recebemos os órgãos públicos, não tinha informações,  os transportes, por exemplo, a gente não recebeu, fomos buscar, e ninguém nos entregou nada, nem documento ou chave, estamos com as despesas alta com consertos de transportes , porque  não tinha um automóvel  com um pneu que desse  para rodar, recebemos muita coisa sem infraestrutura alguma  para trabalhar”.

Outro agravante foi o endividamento do município. “Recebemos o município com muitas dívidas, diversas ações trabalhistas, e no Cadastro Único de Convênios, o CAUC, impedindo de receber convênios. Então a gente está passando por um momento muito difícil por essas questões da irresponsabilidade de gestões descomprometidas com o povo”, lamentou o gestor.

O prefeito disse que mesmo diante de tantas dificuldades, tem buscando para parcerias para administrar o município e que muita coisa já tem sido melhorado. “Se olharmos o município hoje, não há comparação com outras gestões. Veja a Saúde, a Educação. Temos avançados e vamos melhorar muitos mais. Vejam a Agricultura, o Meio Ambiente. Hoje Jacobina, assim como Teresina, Parnaíba, consegue emitir licença ambiental, melhorias que vem acontecendo devido ao trabalho que é desenvolvido. As coisas estão acontecendo em Jacobina, porque nossa gestão é comprometida com o povo”, declarou.

O gestor citou algumas melhorias. “Realizamos reformas em escolas, equipamos duas Unidade de Saúde, temos dois médicos atendendo aos sábados, o que antes não existia, além de médicos a durante toda a semana,  uma quadra poliesportiva, conseguida pelo vereador Sidon através do  deputado Fabio Xavier,  e  sem falar em muitos convênios que não conseguimos fechar  por conta do município está no CAUC, como por exemplo,  estamos sem receber o repasse do co-financiamento do estado, porque  de 2013 até 2016, não prestaram conta do repasse que o governo repassava. Recebi um comunicado da Caixa para assinar o contrato de R$ 249 mil para calçamento, que conseguimos  através do deputado Marcelo Castro, mais não podemos assinar o contrato porque agente está no CAUC, então o município está impedido de receber convênios e  tem perdido muito por conta dos atos de quem não era comprometido com a coisa pública”, disse o GD, destacando que  tem buscando sanar as pendencias  e tirar o município do CAUC para poder celebrar convênios para Jacobina.

Por fim ,  o gestor ainda afirmou que está cumprindo com seu compromisso, trabalhando para desenvolver o município e prestando conta a população de onde está sendo investindo os recursos públicos. “Ainda estamos no início de um grande projeto de futuro que temos para Jacobina. Encontramos uma Prefeitura com inúmeras dificuldades, mas aos poucos estamos conseguindo colocar a casa em ordem. Nossa prioridade é o bem estar do nosso povo e assim temos pautado nossa administração. E  vamos  fazer muito mais por nossa gente”, destacou o prefeito.

Estiveram presentes também, o vice-prefeito Vanderlei Carvalho, o Secretário de Administração, Silvam Santos, o controlador, Cineias Henrique, presidente a Câmara, Jailson Rocha e os vereadores Thaliana Marques e Elis Campos.

Veja as fotos: